Saltar para Conteúdo Principal

Servir um Deus missionário

Por Dom Scott J. Jones

Fazer discípulos que adoram apaixonadamente, amam extravagantemente, e testemunham corajosamente na Conferência Anual Provisória de Mid-Texas Igreja Metodista Global.

O metodismo tem sido um movimento missionário desde o seu início. Uma das primeiras descrições do propósito do Metodismo foi na "Large Minutes" de John Wesley, a versão mais antiga do Livro Metodista de Doutrinas e Disciplina:

"P: O que podemos razoavelmente acreditar ser o desígnio de Deus ao elevar os pregadores chamados 'metodistas'?
A. Reformar a nação e em particular a Igreja, difundir a santidade escriturística sobre a terra".

Creio que Wesley capturou a visão do Novo Testamento sobre a Igreja. Servimos um Deus missionário que pretende salvar o mundo. Que Deus escolheu primeiro um povo (os judeus) e depois a igreja (seguidores de Jesus) para realizar esse propósito.

Em dois lugares, o Novo Testamento dá uma descrição convincente da missão. Mateus 28,19-20 diz: "Ide, pois, e fazei discípulos de todas as nações, baptizando-os em nome do Pai e do Filho e do Espírito Santo, e ensinando-os a obedecer a tudo o que vos tenho mandado. E lembrai-vos, estou sempre convosco, até ao fim dos tempos". Em Actos 1,8 Jesus diz aos seus seguidores: "recebereis poder quando o Espírito Santo vier sobre vós; e sereis minhas testemunhas em Jerusalém, em toda a Judéia e Samaria, e até aos confins da terra".

A igreja de Jesus Cristo é uma organização missionária cujo objectivo é seguir estes mandamentos. Temos de "fazer discípulos" e ser testemunhas de Cristo até aos confins da terra.

Na minha experiência vital, as congregações em crescimento são aquelas que têm um elevado nível de clareza sobre a sua missão. Isto enquadra-se nos melhores conselhos de liderança que hoje em dia são dados a todas as organizações. Patrick Lencioni no seu livro " The Advantage ": Why Organizational Health Trumps Everything Else in Business diz que a clareza é crucial, e o primeiro ponto de clareza é saber porque é que a organização existe. A clareza de objectivos leva à vitalidade e ao sucesso. Isto é especialmente verdade no que diz respeito à igreja.

Nós, no Igreja Metodista Global , estamos a procurar concentrar-nos na nossa missão. A declaração que adoptámos neste tempo de transição tem quatro partes: fazer discípulos de Jesus Cristo que adoram apaixonadamente, amam extravagantemente, e testemunham corajosamente.

Vamos concentrar-nos em fazer discípulos de Jesus Cristo. Somos seguidores de Jesus que querem ajudar todas as pessoas a assumirem o compromisso de seguir Jesus. John Wesley disse que o tema geral de toda a Bíblia é o caminho da salvação.

Esse processo de discipulado começa com a graça preventiva - o amor imerecido de Deus por cada ser humano e por toda a criação que vem antes mesmo de termos consciência disso. Sabemos que o mundo está partido e pecaminoso. Mas temos a boa nova de que Deus é amor e não desistiu da sua criação.

A graça convincente é aquela acção de Deus que nos ensina o quanto estamos quebrados e o quanto precisamos de um salvador. Justificar a graça é o amor de Deus que nos devolve a uma relação correcta com o Senhor. Ela é-nos oferecida sem preço e torna-se eficaz se a recebermos pela fé.

A graça santificadora é o processo de mudança de vida que nos torna cada vez mais santos e nos capacita a amar a Deus e a amar cada vez mais o nosso próximo. O Deus que nos salva, tal como nós nunca nos deixamos como éramos. Pela graça de Deus, temos poder para viver uma vida abundante de serviço aos outros. Podemos tornar-nos nos homens e mulheres que Deus quis que fôssemos.

O caminho da salvação depende da graça de Deus e do poder do Espírito Santo. Embora existam vários meios de graça (incluindo oração, estudo bíblico, comunhão santa, pequenos grupos e obras de misericórdia) a adoração semanal é uma forma primária de ligação com Deus. Quando nos reunimos para a adoração, acreditamos que o Espírito Santo está presente, e a nossa adoração apaixonada permite a Deus moldar os nossos corações e mentes. Nas reuniões Metodistas Globais a que assisti, os participantes sentiram poderosamente a presença do Espírito Santo. Deus está a moldar-nos através da adoração! Nesses tempos, aprendemos mais uma vez quem somos e de quem somos.

O objectivo da vida cristã é a santificação. Isto significa que nos estamos a tornar cada vez mais parecidos com Jesus, que era "amor divino", a descer à terra. Somos assim chamados a amar extravagantemente. Cristo ordenou que amemos a Deus com cada parte do nosso ser e que amemos o nosso próximo como a nós próprios. Precisamos de procurar activamente a justiça, alimentar os famintos, curar os doentes, visitar os solitários, e cuidar da criação de Deus. O mundo tem muitas necessidades, e os seguidores de Jesus deveriam estar na vanguarda da reparação dos problemas que afligem a humanidade.

É o propósito de Deus que toda a humanidade venha a reconhecer Jesus Cristo como Senhor e Salvador. O plano de Deus para a sua realização é ter os discípulos de Jesus como testemunhas. Nós não somos os salvadores do mundo - isto é Jesus. Mas somos testemunhas da bondade e do poder de Deus para mudar vidas e curar os problemas que criámos para nós próprios. Podemos usar as palavras da canção evangélica contemporânea "Toda a minha vida Tens sido fiel/ E toda a minha vida Tens sido tão, tão bom/ Com cada respiração que eu seja capaz/ Oh, eu cantarei a bondade de Deus". O nosso testemunho deve ser fiel à verdade do evangelho e oferecido àqueles que ainda não seguem Jesus como seus discípulos".

Há anos atrás deixei de rezar "Deus, por favor abençoe o que estou a fazer". Em vez disso, rezo agora todos os dias: "Deus, ajuda-me a fazer parte do que és abençoado". Deus está no negócio de salvar o mundo, e eu sou abençoado por fazer parte do que o seu Espírito Santo está a fazer nessa missão. O Igreja Metodista Global está centrado na nossa missão.

O Bispo Scott J. Jones é um líder episcopal no Igreja Metodista Global.

Este Post tem 0 Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de correio electrónico não será publicado. Os campos obrigatórios estão marcados com *

Voltar ao início