Saltar para Conteúdo Principal

Inclinando-nos na nossa missão

Por Keith Boyette

Foto de Jonathan Borba em Pexel.

A missão do Igreja Metodista Global é fazer discípulos de Jesus Cristo que adoram apaixonadamente, amam extravagantemente, e testemunham corajosamente. A nossa missão está centrada em Jesus. Ele é o chefe da igreja. Nós somos seus servos, seus seguidores, seus discípulos. Tudo o que fazemos é orientado para ele. A menos que promovamos a causa de Cristo no mundo, somos apenas mais uma instituição humana destinada ao caixote do lixo da história. Mas se estamos vivos em Cristo, se tudo o que fazemos eleva Jesus ao alto, se as pessoas entram numa relação de mudança de vida com Jesus, então contamos para Cristo e Deus pode usar-nos para fazer avançar o seu reino aqui na terra.

A Igreja GM tem agora seis meses de existência. Estamos a inclinar-nos para a missão que Deus nos confiou. Estamos empenhados em cinco prioridades missionárias. Ao lerem cada prioridade, desafio-vos a fazer duas perguntas: Primeiro, como é que estou pessoalmente empenhado nesta prioridade missionária? E duas, como é que a igreja que frequento está a fazer avançar a nossa missão nesta área?

Primeiro, somos uma igreja que está empenhada no ensino bíblico. Deus pôs à nossa disposição todo o seu conselho nas palavras das Escrituras. A tarefa principal do nosso clero e da nossa liderança leiga é assegurar que o nosso povo conheça e conheça a palavra de Deus tal como revelada na Bíblia. Os sermões devem ser biblicamente fundamentados. Os discípulos de Jesus precisam de conhecer as crenças fundamentais da nossa fé. Para esse fim, a Igreja GM adoptou um catecismo que expõe o que acreditamos sobre a nossa fé. As pessoas que professaram a sua fé em Jesus e que são membros das nossas congregações devem estar intimamente comprometidas com estas crenças fundamentais. Os princípios bíblicos devem orientar todas as nossas decisões. Não temos outra autoridade além da que nos foi dada pelo nosso Deus Soberano.

Em segundo lugar, abraçamos de todo o coração o discipulado transformacional. Somos intencionais em fazer, desenvolver, nutrir, e destacar discípulos de Jesus Cristo através de pequenos grupos onde cada pessoa é convidada, desafiada, apoiada, e responsabilizada em vidas vivas que reflectem o carácter e missão de Cristo. O nosso objectivo é ter uma participação de 100% nos ministérios de pequenos grupos de cada uma das nossas igrejas. Ansiamos por ver cada pessoa reflectir cada vez mais a mente e o carácter de Jesus. O discipulado em que estamos empenhados é simultaneamente alegre e responsável. Acreditamos que Jesus é a Verdade e, como seus discípulos, temos um profundo desejo de conhecer a verdade, e de nos dedicarmos de todo o coração a ela. Desde o seu início, o movimento metodista abraçou a importância e o poder de pequenos grupos onde as pessoas amorosamente se exortavam mutuamente a submeterem-se a Jesus no poder do Espírito Santo.

Em terceiro lugar, Deus chama-nos à multiplicação. Estamos singularmente concentrados na propagação do reino de Deus. Estamos genuinamente interessados em que aqueles que não têm uma relação de vida com Jesus descubram o seu grande amor por eles. Alimentado pelo amor e perdão de Jesus, cada discípulo deveria estar a fazer discípulos dos outros. Este não é o trabalho de alguns. É o chamamento de cada discípulo de Jesus. Deus majores em multiplicação. Vamos equipar os discípulos para fazer discípulos que, por sua vez, fazem mais discípulos. Vamos plantar igrejas que por sua vez plantam novas que por sua vez plantam ainda mais. Cada um de nós tem um papel a desempenhar no cumprimento desta prioridade missionária.

Em quarto lugar, o trabalho que Deus nos confiou é ministério para todas as pessoas. Somos chamados a servir os outros para que possam conhecer a graça e o amor de Jesus nas suas vidas. Vemos as feridas que destroem o coração de Deus. Os nossos corações também estão destroçados. Desejamos ser derramados para que outros possam experimentar a presença e o poder de Deus nas suas vidas. Todos os dias devemos procurar aqueles que estão perdidos, alienados de Deus, rejeitados pelos outros e isolados da comunidade. Depois devemos oferecer-lhes o nosso amor e o amor de Deus enquanto partilhamos com eles o desígnio de Deus para uma vida que floresça. Temos um ministério de reconciliação. Com toda a humildade, unimo-nos a Deus na sua obra de redenção e restauração.

Finalmente, estamos a estabelecer parcerias globais. Somos uma igreja global que reconhece e distribui os dons e contribuições de cada parte da igreja, trabalhando como parceiros no Evangelho com igual voz e liderança. Estamos a ligar intencionalmente igrejas de diferentes regiões do mundo que desenvolvem relações mutuamente gratificantes para partilhar o Evangelho e para fazer crescer o reino de Deus a nível global. A nossa abordagem às parcerias globais é pessoal e não institucional. Desejamos ver cada igreja intimamente ligada a pelo menos uma outra igreja em qualquer outra parte do mundo, para que desenvolvamos relações pessoais profundas, aprendamos a ser seguidores de Cristo em diferentes culturas, e partilhemos os ministérios uns dos outros, apoiando-nos mutuamente em oração, e combinando os dons que nos foram confiados por Deus enquanto vemos Deus usar pessoas comuns para fazer o seu extraordinário trabalho.

Estas cinco prioridades missionárias definem o Igreja Metodista Global. Não existimos para sermos uma instituição. Existimos para sermos o corpo de Cristo derramado mesmo quando Jesus se sacrificou para que pudéssemos ter vida em toda a sua plenitude.

Rezemos uns pelos outros e estimulemo-nos mutuamente para vidas mais fiéis passadas apenas pela causa de Jesus.

Pode saber mais sobre o Igreja Metodista Global explorando o seu sítio web.

O Rev. Keith Boyette é o Oficial de Ligação Transitória do Igreja Metodista Global, o seu chefe executivo e oficial administrativo.

Este Post tem 0 Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de correio electrónico não será publicado. Os campos obrigatórios estão marcados com *

Voltar ao início